DE TERÇA À SEXTA-FEIRA
Missas às 6:00H e 17:00H
AOS SÁBADOS
Missas às 17:00H  e 19:00H
AOS DOMINGOS
Missas às 7:00H, 9:00H, 17:00H 18:30H  e 20:00H
DIA 16 DE CADA MÊS
Missa do padroeiro às 17:00H
DIA 13 DE CADA MÊS
Missa às 12:00H
Você já ouviu falar sobre a Campanha da Fraternidade:
SIM
NÃO
08/01/2012  |  A obra de Deus

veja mais audios



Esta santa devoção teve origem com a impressão milagrosa do Rosto de Cristo no lenço de Verônica, uma tradição muito respeitada na Igreja. O Papa Bento XVI fez questão de venerar o Véu de Verônica na cidade de Manoppello na Itália, em setembro de 2006. Durante sua visita ao santuário, Bento XVI foi o primeiro Papa a poder novamente venerar a relíquia, meio milênio após seu desaparecimento da Basílica de São Pedro. 

Esta devoção cresceu muito também por causa da importância que a Divina Face teve na vida de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face. Outro fato que fortaleceu a devoção foram os surpreendentes estudos da figura de Jesus no santo Sudário de Turim; além das revelações à Irmã M. Pierina de Micheli (†1945), a mensageira da Sagrada Face dos últimos tempos.

Em maio de 1938, a Virgem Santíssima mostrou (em visão mística) à Irmã Pierina, um escapulário formado de dois paninhos. Num ela viu a Face de Jesus com as palavras ao redor: “Ilumina, Domine, vultum tuum super nos” (“Senhor, fazei resplandecer a Vossa Face sobre nós”). No outro estavam escritas em volta de uma hóstia as palavras: “Mane nobiscum, domine” (Senhor ficai conosco). Lentamente Nossa Senhora se aproximou e disse: “Escuta bem e transmite ao teu confessor que este escapulário é uma arma de defesa, escudo de fortaleza e penhor de misericórdia que Jesus quer dar ao mundo nestes tempos de sensualidade e de ódio contra Deus e a Igreja. São poucos os verdadeiros apóstolos. É necessário um remédio divino e este remédio é a Face de meu Filho. Todos aqueles que usarem o escapulário, e sendo lhes possível, cada terça feira visitar o Santíssimo Sacramento fazendo “Uma Hora Santa”, para reparar os ultrajes que recebeu e continua recebendo meu Filho, cada dia, no Sacramento Eucarístico, serão fortificados na Fé, estarão prontos para defendê-la e hão de suportar todas as dificuldades internas e externas. Além disso morrerão serenamente sob o olhar de meu Filho”.

Semanas mais tarde Jesus apareceu também e disse: “Quero que Minha Face seja honrada com uma festa própria na Terça-feira da Quinquagésima (terça-feira de carnaval) e que esta festa seja preparada por uma novena durante a qual todos os fiéis façam Comigo reparação”.

Em vez de fazer escapulários a Irmã Pierina mandou cunhar medalhas. Preocupada por isso recorreu à Nossa Senhora que novamente lhe apareceu dizendo: “Minha filha, não se preocupe, pois, o escapulário é substituído pela medalha com todas as promessas e favores. Só resta difundi-la mais ainda. Ora, interessa-me muito a festa da Sagrada Face de meu Filho. Diga ao Papa que esta festa muito me interessa”.

Irmã M. Pierina falou três vezes ao Papa e o Sumo Pontífice, ciente do pedido do Céu, não se fez esperar. No dia 15 de março de 1957, havendo já aprovado a propagação da medalha, facultou a celebração da festa, isto é, aos Beneditinos Sivestrinos de Roma. Em 10 de janeiro de 1959 o Papa João XXIII concedeu a mesma licença, a todos os Bispos do Brasil.

Para merecer as graças prometidas é necessário:

Usar a medalha, contemplar com amor, muitas vezes a Sagrada Face, zelar pela devoção, fazendo a Hora Santa, nas Terças-feiras, promover anualmente a novena em preparação à festa na terça-feira de carnaval, e seguindo o exemplo dos grandes devotos da Sagrada Face, ler e meditar diariamente o Novo Testamento.

Todos os dias rezar: 5 Pai Nossos; 5 Ave Marias; 5 Glórias; em honra das cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, rezando também a oração composta por Pio IX, e a aspiração que a segue: “Ó meu Jesus, lançai sobre nós um olhar de misericórdia! Volvei Vossa Face para cada um de nós, como fizestes à Verônica, não para que A vejamos com os olhos corporais, pois não o merecemos. Mas volvei-A para os nossos corações, a fim de que, amparados sempre em Vós, possamos haurir nesta fonte inesgotável, as forças necessárias para nos entregarmos ao combate que temos que sustentar. Amém. Senhor, mostrai-nos a Vossa Face e seremos salvos!”

Prof. Felipe Aquino
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

EJC - Encontro de Jovens com Cristo

Encontro de Jovens com Cristo – EJC

 

O  Encontro de Jovens com Cristo (EJC) tem por objetivos:

Definição:

·         O Encontro de Jovens com Cristo – EJC é um serviço da Igreja, em favor dos jovens existentes em uma paróquia, e devidamente integrado na Pastoral de Conjunto da (Arqui) Diocese.

 

Finalidade:

·         Despertar os jovens para que vivam seu crescimento de uma maneira cristã, a partir dos valores humanos e cristãos;

·         Levar os jovens da paróquia a atuar nos seus diversos setores, abrindo-lhes um leque de doação, através do Pós-Encontro, dar-lhes motivação para se engajarem; daí em diante é missão das pastorais paroquiais e não mais do EJC que é apenas um serviço (Pe. Alfonso Pastore);

·         Colocar os jovens que já receberam muito da Igreja, a serviço da grande maioria de jovens das paróquias que não receberam quase nenhuma formação cristã e apostólica (Pe. Alfonso Pastore);

·         Procurar os jovens, amá-los e posicioná-los; dar-lhes uma visão de sua razão de ser, abrir-lhes um caminho de comunhão fraterna na comunidade paroquial e possibilitar-lhes a co-responsabilidade no serviço pastoral de trabalho (Pe. Alfonso Pastore);

·         O grande apelo, a grande missão do EJC é criar a convivência fraterna nas paróquias (Pe. Alfonso Pastore);

·         O jovem participa do Encontro (EJC), não apenas para trabalhar nem outros Encontros (EJC), mas para viver uma vida cristã, assumir tarefas na comunidade, integrar-se totalmente na pastoral paroquial, e principalmente na pastoral juvenil da paróquia, e ser instrumento de Deus na sociedade.

 

EJC – Paróquia de São Gerardo

 

·         1° Encontro “Jesus, igreja e família”. 19,20 e 21 de setembro de 2008, paróquia madrinha: São João Batista - Tatuapé.

 

·         2° Encontro “Jovem evangelizando jovem”. 20,21 e 22 de agosto de 2010, paróquia madrinha: Jesus, Maria e Jose - Antonio Bezerra

 

Horário da missa dos jovens:

·         Domingo às 17:00 horas na Paróquia de São Gerardo.

 

 

COORDENAÇÃO PÓS-ENCONTRO

 

Jaqueline Nascimento – Fone: 8720.0596

02/06/2011   Aviso da coordenação
Página: 1

Mostrando: de 1 a 1
Total: 1

Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
6
Paróquia de São Gerardo Majella - Arquidiocese de Fortaleza
Av. Bezerra Menezes, 1256 - São Gerardo - Fortaleza - Ceará  |  CEP 60325-001
Telefone: (85) 3223-3971 | E-mail: faleconosco@paroquiasaogerardo.org.br